Publicado em

Esparguete com Molho de Beterraba

Estamos de volta à rotina e precisamos de pratos simples e rápidos de fazer mas que nos satisfaçam o apetite e nos mantenham saudáveis, certo?
Este Esparguete com Molho de Beterraba é tudo isso e muito mais 🙂

Enquanto a massa coze, faz-se o molho e tudo fica pronto em menos de 15 minutos!

Receita
  • esparguete (usei integral)
  • 1 beterraba
  • 1/2 chávena de caju (previamente demolhado)
  • azeite
  • temperos a gosto (usei este)

Colocar a massa a cozer em água com um pouco de sal.
Num processador, colocar a beterraba crua ou cozida e descascada, o caju escorrido, e os temperos, triturar tudo até formar um molho.
Envolver o molho na massa, depois de escorrida.

Bom apetite!

Esparguete com Molho de Beterraba

Mais receitas com massas aqui!

Já conheces os benefícios da beterraba? Foi o “Ingrediente do mês” recentemente e podes ler sobre este fantástico tubérculo aqui!

Publicado em

Almôndegas de Quinoa

Desde que deixei de comer soja texturizada/PTS (podes perceber porquê aqui) nunca mais fiz almôndegas.
Andava em busca de uma boa opção para substituir a PTS nas minhas almôndegas e quando surgiu no grupo o “Ingrediente do mês” de Junho, decidi que era uma boa hipótese para testar.

Esta receita funciona também para fazer hambúrgueres e podes (e deves) aproveitar para fazer e congelar e ter sempre à mão nos dias em que não tens tempo, ou vontade, para cozinhar.

A receita*
  • 1 chávena de quinoa (usei branca)
  • 1 cebola média
  • 1 dente de alho
  • 1 beterraba pequena
  • 1 cenoura média
  • 1 colher de sopa de azeite
  • farinha integral ou pão ralado quanto baste
  • sal e pimenta a gosto
  • salsa

Lavar bem a quinoa com uma peneira/coador.
Cozer com 2 chávenas de água temperada com sal, depois de ferver colocar o lume no mínimo e deixar durante cerca de 15 minutos, até evaporar a água.

Num processador, colocar todos os ingredientes, excepto a quinoa e a farinha ou pão ralado, e triturar.

Depois de arrefecida, adicionar a quinoa ao preparado anterior e acrescentar a farinha integral ou o pão ralado até obter uma consistência que permita moldar as almôndegas.

Formar bolinhas com a massa, com a quantidade de uma colher de sopa aproximadamente.

Numa frigideira com um fio de azeite, cozinhar as almôndegas.

Servi com esparguete integral e molho de tomate.

Bom apetite!

almôndegas de quinoa

*Para medir os ingredientes usamos sempre medidores standard, para garantir maior rigor nas receitas.

Publicado em

Ingrediente do mês – Beterraba

beterraba

No início deste ano criei uma votação no nosso grupo do Facebook onde pedi algumas sugestões de temas para abordar aqui no blog.

O que mais pediram foi que escrevesse sobre determinados alimentos e que desse algumas sugestões de como os preparar.

Assim surgiu esta nova categoria aqui no blog, o “Ingrediente do mês”.

E na primeira votação o primeiro lugar foi atribuído à beterraba! Confesso que fiquei surpreendida com a escolha, mas também muito entusiasmada por ser um alimento tão difícil de agradar à maioria dos paladares.

Características

Normalmente pensamos na beterraba com a cor vermelha intensa, no entanto há beterrabas de outras cores (amarela e branca).

Geralmente associamos o seu sabor à terra, por isso por vezes há alguma dificuldade em gostar do seu sabor. A raiz tem um sabor adocicado, graças à sua concentração de açucares.

A beterraba é uma planta totalmente comestível, podemos usar as suas folhas, caules e raiz na nossa alimentação.

Pouco calórica, rica em vitaminas do complexo B incluindo ácido fólico, vitamina C e E e minerais como Magnésio, Potássio e Ferro.

Sugestões

Podemos comer a beterraba crua, cozida, assada…as opções são imensas!

Deixo aqui algumas sugestões que espero que experimentes. Partilha o resultado lá no grupo!

 

Chips de Beterraba no forno

chips beterraba

Salada de Beterraba e Maçã

Salada de Beterraba e Maçã

Brownie de Beterraba e Alfarroba (sem glúten)

brownie de beterraba e alfarroba

Publicado em

Chips de Beterraba no forno

Sabes aqueles dias em que apetece muito comer fast food? Aquelas coisas que nos fazem mal mas que sabem tão bem…algo estaladiço e salgadinho (tipo batatas fritas de pacote)!

Eu estava num desses dias! Decidi meter mãos à obra e testar algo que me satisfizesse essa vontade, mas que não me deixasse peso na consciência…e aqui está o resultado:

Chips de Beterraba no forno
  • beterrabas cruas
  • azeite
  • sal (opcional)

Cortar as beterrabas em rodelas finas (o ideal será usar um processador de alimentos ou uma mandolina).
Num tabuleiro forrado com papel vegetal dispor as rodelas (sem as sobrepor), pincelar com um pouco de azeite.
Levar ao forno pré aquecido a 180º até as rodelas ficarem crocantes (cerca de 15 a 20 minutos, dependendo da espessura das rodelas).
Salpicar com um pouco de sal.

Para versões diferentes podemos também usar ervas aromáticas ou um azeite aromatizado.

Há sempre alternativas saborosas e saudáveis!

Se ainda não conheces o nosso grupo, convido-te a aderir! Partilha as tuas experiências!

Até breve!

chips de beterraba

Publicado em

Brownie de Beterraba e Alfarroba (sem glúten)

Hoje de manhã estive na clínica Dra. Raquel Oliveira para fazer uma degustação dos lanches VOU LANCHAR BEM. Foi muito bom ver que todas as pessoas presentes apreciaram os nossos lanches e mostraram interesse na busca de uma vida mais saudável.

Tive a oportunidade de conhecer a Coach que faz parte da equipa da clínica e rapidamente começamos a conversar sobre a nossa alimentação.
Foi ela que me inspirou a fazer esta receita, quando me falou sobre um brownie maravilhoso que tinha feito e que tinha um ingrediente especial:  a beterraba.

Aproveitei uma parte da tarde para criar estes bolinhos que foram de imediato testados e aprovados até pelo membro mais novo da família.

Brownie de Beterraba e Alfarroba (sem glúten)
  • 2 beterrabas médias cozidas
  • 10 ameixas ou tâmaras secas
  • 1 e 1/2 chávenas de flocos de aveia*
  • 1/2 chávena de farinha de alfarroba
  • 1/2 chávena de água
  • 1/4 de chávena de azeite
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1/2 chávena de amêndoas (opcional)

Colocar todos os ingredientes (excepto as amêndoas) no processador e triturar bem até ter uma mistura homogénea.
Adicionar as amêndoas ligeiramente trituradas ao preparado anterior.
Levar ao forno pré aquecido a 180º durante cerca de 15 minutos.

*Ao comprar a aveia é importante garantir que a embalagem refere ser sem glúten para que estes brownies sejam adequados a celíacos.

Esta versão sem açúcar é óptima para as nossas crianças, e para nós também! Para uma versão mais gulosa pode-se adicionar um pouco de açúcar de côco ou mascavado.

Experimenta também usar cacau em pó em vez de alfarroba para uma versão diferente.

Até breve!

Publicado em

Cabidela de Seitan

Pode não acreditar, mas Arroz de Cabidela era um dos meus (muitos) pratos preferidos. Agora que penso nisso acho tão estranho…como as coisas mudam!

Este prato é a minha sugestão para o Halloween deste ano, mas é bom para qualquer época 🙂

Já tinha pensado em reinventar este prato há algum tempo e achei que estava na altura de experimentar. O sabor avinagrado é o que mais o define, além da sua cor escura que neste caso é obtida da beterraba, do vinho e do vinagre balsâmico.

Receita
  • 5 colheres de sopa de azeite
  • 1 cebola grande
  • 2 dentes de alho
  • 1/2 copo de vinho tinto
  • 500g de arroz carolino
  • 500g de seitan (de textura suave)
  • 2 copos de água de cozer beterrada (ou a água das embalagens de beterraba cozida)
  • 1/2 copo de vinagre balsâmico
  • 1 folha de louro
  • salsa
  • sal e pimenta a gosto

Refogar a cebola picada em azeite num tacho grande, acrescentar o alho picado quando a cebola começar a ficar mole.
Deixar alourar e juntar o vinho tinto. Temperar com sal, pimenta e 1 folha de louro.
Cortar o seitan em 3 pedaços grandes e deixar a refogar durante 5 minutos, acrescentar 1/2 copo de água quente se necessário.
Retirar o seitan e reservar.
Adicionar ao refogado o arroz e 4 vezes o seu volume em água quente e a salsa. Deixar cozinhar.
Quando o arroz estiver quase cozido, acrescentar o seitan cortado em tiras ou “desfiado” e o vinagre.
Rectificar temperos.

Bom apetite!

cabidela de seitan

Publicado em

Assado de Legumes

Este é um prato fácil de fazer e rápido de preparar. Além disso, como é feito no forno, podes ir tratar de outras tarefas ou descansar enquanto o assado fica pronto!

Vários estudos referem que a ingestão de legumes dos portugueses continua abaixo do mínimo recomendado!
Esta é uma boa forma de consumir diversos legumes numa só refeição!

Os ingredientes que refiro na receita não têm necessariamente que ser usados, isto é, podes substitui-los por outros que te agradem mais.
Alguns dos que já testei e funcionam muito bem em assados são: tomates, courgette, beringela, pimentos, chuchu, nabo, grão de bico, couve-flor, abóbora, pastinacas/cherovias, couves de bruxelas…
Tem em atenção que alguns legumes demoram mais ou menos tempo a cozinhar que outros e por isso pode ser necessário adiciona-los mais tarde ou corta-los em tamanhos diferentes (pedaços maiores demoram mais tempo a cozinhar).

Posto isto, solta a imaginação e a criatividade e arrisca-te a experimentar novos sabores!

Receita
  • 3 batatas
  • 2 batatas doces
  • 3 cenouras
  • 150g de cogumelos
  • 2 beterrabas
  • Cerca de 15 castanhas descascadas
  • 1 cebola
  • 1 dente de alho
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 3 colheres de sopa de vinho
  • Sal a gosto
  • Pimentão doce a gosto
  • Salsa picada a gosto

Cortar todos os legumes em pedaços e coloca-los num tabuleiro para forno. Temperar com sal, pimentão doce e salsa picada, regar com um pouco de vinho e azeite.
Levar ao forno a 180º por cerca de 30 a 40 minutos (mexendo a cada 10/15 minutos).

Bom apetite!

Assado de Legumes